“Deus é espírito; e importa que os seus adoradores o adorem em espírito e em verdade.” (João 4.24)

Qual o lugar que o culto ocupa em nossas vidas e nossa igreja? O culto deve estar no centro de tudo que a igreja faz. A igreja é antes de tudo um corpo que cultua, e como o corpo é formado de muitas partes (membros) e todas elas devem estar envolvidas para o perfeito funcionamento do corpo, assim também todos nós membros na igreja devemos estar envolvidos no culto.

O culto é a inspiração de tudo que a igreja faz como igreja. O culto resiste a uma definição completa e adequada. Moisés ficou maravilhado quando teve um encontro com Deus em Horebe e percebeu como seria difícil descrever, relatar e explicar aquele momento, como seria difícil descrever uma palavra: “Então respondeu Moisés: Mas eis que não me crerão, nem ouvirão a minha voz, pois dirão: O Senhor não te apareceu.” (Êxodo 4.1).

O culto é um dialogo com Deus, é a revelação de Deus aos homens e resposta dos homens a Deus. Deus toma a iniciativa em revelação, e o homem responde em culto e adoração. O Culto é oferta – a nossa oferta a Deus é primeiramente de toda a nossa pessoa, nosso intelecto, nossas possessões, nossas atitudes, nossos sentimentos. Cultuar é verificar a consciência pela santidade de Deus, é nutrir a mente com a verdade de Deus, é purificar a imaginação pela beleza de Deus, é abrir o coração ao amor de Deus e dedicar-se a sua vontade e ao seu propósito para nossas vidas.

O culto deve ser coerente com a natureza de Deus, na sua santidade: uma experiência de adoração e confissão que se expressa com temor e humildade. O culto não é mera forma e ritual, mas uma experiência com o Deus vivo, através da meditação e da entrega pessoal. Não é simplesmente um serviço religioso, mas comunhão com Deus na realidade do louvor, na sinceridade do amor e na beleza da santidade. O culto torna-se significativo quando se combinam, com reverência e ordem, a inspiração da presença de Deus, a proclamação do evangelho, a liberdade e a atuação do Espírito. O resultado de tal culto será uma consciência mais profunda da santidade, majestade e graça de Deus, maior devoção e mais completa dedicação à vontade de Deus.

Bom domingo!
MM Renan Guedes Hart

Share