Por que tem de ser assim? Segunda-feira, 19 de março de 2018, marcou a história da flora e da fauna do mundo, uma constatação, de uma embutida tragédia a ser desenrolada, paulatinamente: “uma epidemia de extinção”. Foi o luto da fauna e da flora, mas atingiu em cheio muitos corações, assim como o meu.

Guardo por esse momento, para fazer dessa história o nosso alerta. Sudan era o único macho da família de rinoceronte-branco no planeta. O destino dessa espécie dependia dele. Uma campanha fora feita alcançando o montante de nove milhões de dólares para o estudo de reprodução assistida. No entanto, uma infecção violeta na pata traseira, enterrou todo o projeto de continuidade da espécie, no mundo.

Sudan sobreviveu à extinção de sua espécie, no fim dos anos 70, assassinada por caçadores de chifres que ganharam volumosa fortuna na venda dos chifres com propriedades curativas e afrodisíacas do marfim. Um crime impune e de irreversível consequência.

A ganância, a ausência do poder público, a indiferença das organizações em tempo real ao problema da extinção, a sociedade desprovida de valores, as potentes nações desinteressadas de assuntos como esse, a igreja sem coragem de esbravejar contra o mal que estava sendo praticado, tudo contribuiu para essa tragédia.

Os crentes estão passando por um tempo difícil, propenso às extinções dos valores morais e espirituais. Estamos atravessando uma crise que parece que não vamos sair do outro lado dela. É um tempo de opróbrio que vai encurralando a igreja, oprimindoa, limitando-a, diminuindo o seu espaço geográfico, porque os crentes ameaçados, vão recuando e se desmilinguindo de pavor e medo.

A igreja é luz para o mundo e essa luz não pode ser fraca e muito menos apagar. A igreja exerce influência nos agitadores, nos perseguidores, nas fortalezas do mal, dos dias de hoje. A igreja é o principal instrumento que Deus tem no mundo para convergir todas as coisas.

Temos uma sociedade golpeada, fraturada, em extinção de valores morais e espirituais, e, se existe um lugar onde esse povo sofrido pode procurar direção, segurança, existência na ausência, é na igreja local. E a igreja somos nós!

De seu pastor e amigo
Washington Luiz da Silva

Share