Homenagear o professor é um dever! São pessoas movidas pela capacidade da reflexão, capazes de criar e construir uma realidade com tomada de posições, experimentos, corrigindo e inventando a sua realidade na oficina do saber. Temos exemplos que falam por si sós. Mas, o exemplo de Jesus, Mestre por excelência, será mais preciso para identificar essa brilhante carreira.

Jesus é exemplo da encarnação da verdade. Essa qualidade identifica o professor naquilo que ele é. Por isso, “um exemplo vale mais que mil conselhos”. O professor é a lição que mais apela ao coração do aluno e sua palavra é o peso do machado que faz penetrar mais fundo na árvore que se quer derrubar. O professor deve ser alguma coisa para eficientemente dizer alguma coisa. “A Vida do professor é a vida do seu ensino”.

Jesus é exemplo no servir. Essa qualidade revela o interesse do professor pelo seu público. Esse interesse amplia os limites, proporciona novas qualificações, gera mudanças na maneira usual de fazer as coisas. Do interesse emerge o enriquecimento de novas dinâmicas para o exercício docente. O interesse o motivará a permanecer ativo, positivo e envolvido o mais que puder.

Jesus é exemplo de compromisso em formar ideais Justos. Os ideais são as forças impessoais mais poderosas do mundo. O compromisso é como cartas, mapas, guias para o curso da vida, é como as Polias que içamos objetos, que elevamos pessoas a níveis mais altos, que firmamos convicções fortes, formamos caracteres maduros. O professor tem o compromisso de preparar seus alunos moral e espiritualmente, de fazê-los dignos, autênticos e preparados para servir.

Alguns princípios subjacentes ao magistério:

Olhar para longe. As qualificações presentes dos seus alvos não representam suas possibilidades futuras: aluno indisciplinado hoje poderá ser uma autoridade amanhã. Dê valor ao contato pessoal. O vínculo é uma necessidade fisiológica: olhe e escute; toque os seus alunos; veja se há algo de bom neles. Assegure a eles liberdade de ação.

Jim Rohn disse: “para cada esforço disciplinado há uma retribuição múltipla”. Tudo a ver com a lei de que o ceifar é proporcional ao semear. Essa é uma verdade totalmente presente.

De seu pastor e amigo
Pr. Washington Luiz da Silva

Share